GESTÃO SISTÊMICA DE CUSTOS E ESTRATÉGIA DE MANUFATURA: FIO CONDUTOR DE UM MODELO INTEGRADO
ebook

GESTÃO SISTÊMICA DE CUSTOS E ESTRATÉGIA DE MANUFATURA: FIO CONDUTOR DE UM MODELO INTEGRADO

Editorial:
EDITORA APPRIS
ISBN:
9788547321161
Formato:
Epublication content package
DRM
Si
$139.00 MXN
IVA incluido

A globalização da economia tem provocado pelo mundo uma busca incessante pela competência nos negócios. A necessidade de encontrar e manter o diferencial competitivo leva as organizações a tentarem reinventar os negócios todos os dias, com os menores custos possíveis. Quando os gestores das organizações constatam que os custos e despesas, no confronto com as receitas, não asseguram o retorno planejado em suas estratégias, empregam métodos variados na tentativa de recuperar a lucratividade das operações. O processo de cortar custos das operações passa por medidas de curto prazo, que têm sua eficiência localizada e temporária. O planejamento estratégico de longo prazo, com foco em baixos custos, tem possibilidade de assegurar a eficiência dos projetos de forma mais segura. Há cerca de cinco décadas, a área de produção tem buscado emprego de novas estratégias visando à melhoria dos processos das manufaturas. As inovações introduzidas pelas novas tecnologias incorporadas aos processos têm permitido mudanças na obtenção ou manutenção de vantagem competitiva. O efeito do processo da globalização tornou-se um elemento importante para vencer as barreiras das grandes distâncias entre produção e consumo. O avanço da tecnologia da informação viabilizou a comunicação com rapidez, tornando possível a implantação de projetos a grandes distâncias das matrizes e dos mercados consumidores. Um aspecto relevante, em função das longas distâncias, são as soluções criadas pela logística, para vencer as grandes distâncias e propiciar baixos custos. A estratégia de manufatura, nas organizações mais eficientes, vem adotando todas essas soluções para se manter competitiva. A proposta da gestão de custos integrada à estratégia de manufatura tem o objetivo de ser empregada em projetos integrados com a visão de baixos custos. Ela fornece importantes meios que permitem adotar instrumentos que assegurem um diferencial competitivo. A concepção de estratégia de baixos custos e alto padrão de qualidade deve fazer parte de toda a estrutura da organização. Como solução, podem-se empregar as engenharias de valor e de design para atender aos projetos de baixo custo. A organização deve adotar as melhorias contínuas com emprego do kaizen para aperfeiçoamento do processo.